SPACE PortugalTornar-se [email protected]
SPACE como parceira da PAREA (Psychedelic Access and Research European Alliance)

SPACE como parceira da PAREA (Psychedelic Access and Research European Alliance)

23 de janeiro de 2023 2 minutos de leitura

  • Pedro Mota
  • Sociedade

A SPACE alia-se agora à PAREA (Psychedelic Access and Research European Alliance), uma organização europeia sem fins lucrativos, multissetorial e multidisciplinar, que inclui, entre outras, organizações de pacientes, associações de profissionais de saúde mental e associações científicas. Entre estas, destacam-se entre as instituições co-fundadoras a European Psychiatric Association (EPA) e o European College of Neuropsychopharmacology (ECNP), estando também associadas a MIND Foundation, OPEN Foundaiton, MAPS Public Benefit Corporation e a ICEERS.

A PAREA orienta os seus principais objetivos em torno da mudança das perceções sociopolíticas sobre as terapias assistidas por psicadélicos, procurando aumentar a conscientização sobre os avanços científicos nesta área, procurando, ultimamente, promover cuidados de saúde aos cidadãos europeus que poderiam beneficiar deste tipo de tratamentos. Neste sentido, a PAREA defende que os sistemas de saúde europeus não estão preparados para tratamentos que utilizam psicadélicos. Dão conta de políticas obsoletas de controle de medicamentos, exclusividade de tratamentos que reúnem medicamentos e terapias que atualmente não são reconhecidas pela regulamentação, falta de infraestruturas e de terapeutas com formação certificada e falta de regulamentação/protocolos que garantam o melhor cuidado e segurança para pacientes tratados com recursa a terapias assistidas por psicadélicos. Acreditam que tal é ainda amplificado por vastas desigualdades na prestação de cuidados de saúde em toda a Europa e por cuidados e serviços de saúde mental que apresentam fortes limitações. Defendem, pois, que sem uma preparação eficaz, os tratamentos com recurso a psicadélicos podem não alcançar os pacientes que mais poderiam beneficiar destas intervenções.

Em resumo, a PAREA procura ultrapassar esses desafios e fornecer recomendações de políticas baseadas na evidência para os formuladores de políticas da UE.

A 6 de dezembro, a PAREA teve a sua primeira intervenção no Parlamento Europeu, intitulada de “Psychedelic-assisted therapies in the treatment of brain disorders”. Mais de 400 pessoas assistiram presencialmente e online, incluindo muitos dos funcionários da União Europeia e vários membros dos governos, um interesse que espelha um interesse crescente dos europeus em procurar informação baseada na evidência sobre substâncias psicadélicas e a sua aplicação terapêutica.

Nesta sessão participaram como preletores o presidente da PAREA - Tadeusz Hawrot -, bem como o Psiquiatra e Neurofarmacologista britânico David Nutt, assim como Anton Gomez-Escolar e JG Ramaekers. As suas intervenções podem ser escutadas no vídeo abaixo.



Pedro Mota
Pedro Mota
Médico de Psiquiatria | SPACE (Direção)

Mais posts

Terapia Psicadélica e Suicídio: Um Mito Desfeito?
  • Patrícia Marta
  • Psicadélicos
  • Psiquiatria
3 minutos de leitura

Terapia Psicadélica e Suicídio: Um Mito Desfeito?

A crença comum de que a terapia com psicadélicos clássicos pode despoletar pensamentos suicidas, ações suicidas ou outros tipos de comportam...

O que a psilocibina faz ao cérebro
  • Pedro Mota
  • Psilocibina
4 minutos de leitura

O que a psilocibina faz ao cérebro

A psilocibina dos "cogumelos mágicos" aumenta a excitação e a desordem nas redes cerebrais. Os compostos psicadélicos produzem e...

Ver todos os posts